Páginas

~ 27.1.10 ~



No médico (era para ser escrito ontem)


Hoje fui ao médico e na sala de espera havia uma fila enorme, eu estava sentada com uma rasteirinha e uma saia de cigana e minha bolsa marrom(bem hippie), não tanto assim por que eu estava com meu óculos de grau.
Lá nessa sala tinha uma criança caminhando pra lá e pra cá fazendo um barulho estranho e engraçado com sua sandália de plástico, na minha frente uma mulher com um dedo enfaixado imaginem que dedo? Aaah esse mesmo que você pensou. Fiquei doidinha para perguntar:"Moça como você quebrou esse dedo?" (risos). mas acho que ia ser muito constrangedor, mais perto do balcão havia um senhor com uma maleta preta na mão, e quando se sentou sua calça subiu às canelas.
Já que eu sou muito observadora, adoro escrever algumas coisas diárias que acontecem comigo e achei muito divertido ficar la na fila esperando e ao mesmo tempo observando as coisas em volta de mim, me faz sentir presente no espaço, faz eu me sentir alguém, faz eu me sentir eu!


OBS: escutando Maria Rita-Festa

0 comentários:

Postar um comentário

22, leonina, estudante de Recursos Humanos, feminista, louca, exagerada, dramática, maníaca, fantasiosa, apaixonada, delirante, cinéfila, MPB, paz e amor e viciada em café.

 
Por ti, pra ti © todos os direitos reservados :: voltar para o topo