Páginas

~ 9.2.10 ~




Pra você guardei o amor

Pra voce guardei o amor
Que nunca soube dar
O amor que tive
E vi sem me deixar
Sentir
Sem conseguir
Provar
Sem entregar
E repartir
Pra voce guardei
O amor que sempre
Quis mostrar
O amor
Que vive
Em mim
Vem visitar
Sorrir
Vem colorir
Solar
Vem esquentar
E permitir
Quem acolher
O que ele
Tem e traz
Quem atender
O que ele diz
No giz do gesto
O jeito pronto
Do piscar dos cílios
Que o convite
Do silencio
Exibe
Em cada olhar
Guardei
Sem ter porque
Nem por razão
...
[Ana Cañas/Nando Reis]

6 comentários:

  1. Nando sempre perfeito!

    Adoro!

    Ai, se meu amor me dissesse isso!
    bjos menina!

    ResponderExcluir
  2. sim! adoro Clarice e adoro escrever!
    acho que cada um escreve do seu jeito e como ela não deve existir mais, mas eu adoro me expressar através das minhas linhas tortas...
    e gosto de vir aqui e ler o que você escreve... apesar de achar o amor um tanto falho. :/
    mas isso é para outra conversa, né?

    ResponderExcluir
  3. Tá aíii..
    Uma das músicas mais bonitas que ouvi esse ano..
    Pena que não tenho pra quem cantar!

    Brigado pelo visita!

    Beeeeiiijos*)

    ResponderExcluir
  4. Amor bem profundo por esta música.
    Nando como sempre arrasa.

    obg por ter passado no meu blog, volte sempre! =D
    Beeijo flor

    ResponderExcluir

22, leonina, estudante de Recursos Humanos, feminista, louca, exagerada, dramática, maníaca, fantasiosa, apaixonada, delirante, cinéfila, MPB, paz e amor e viciada em café.

 
Por ti, pra ti © todos os direitos reservados :: voltar para o topo