Páginas

~ 16.4.10 ~

(...) que talvez eu não quisesse que ele soubesse que eu era eu, e eu era.Caio Fernando Abreu

A cada dia que passa eu percebo que meu lugar não é aqui, eu digo em questão de tempo, posso até morar na minha rua, minha casa e tal, mas eu acho que sou de uma década passada ou sei la devo ser uma adolescente precoce. Não acho isso apenas por minhas amigas me criticarem, sobre eu não usar girias, rirem das minhas roupas(sem decote, sem Nike Shox e sem pircing em tudo quanto é lugar), das musicas que eu curto, mais pra MPB do que pra funk ou rock pesado, se bem que de vez em quando um rockzinho não faz mal a ninguém! Elas são muito diferentes de mim, acham que eu pareço velha, mas cada um tem seu jeito né?....Admito que variadas vezes pensei em mudar, sabe? Mudar totalmente, usar roupas legais, escutar algumas musiquinhas assim, pra que eu pareça uma adolescente normal, não que eu não seja né gente, mas parecer uma pessoa legal no ângulo de vista delas e também pra não me sentir desconfortável diante delas. Depois de um tempo mesmo eu não conseguindo me acostumar com essas "coisas", pensei: Porque eu estou querendo mudar? Se quero ter amigas, essas amigas não teriam que gostar de mim do jeito que eu sou? Porque se elas gostarem de mim apenas com aquelas roupas e tal, elas estarão sendo falsas, e isso eu não quero pra mim. Eu rodeada de pessoas falsas que querem me rebaixar fazendo eu me comportar diferente, coisa que eu não gosto, e me vestir em um padrão de roupas, onde todo mundo parece igual! ... Enfim, a sociedade é assim, nascemos, crescemos e morremos com as indiferenças.

Tati Lemos

Mesmo que seja estranho, seja você

Mesmo que seja bizarro, bizarro, bizarro...


[Pitty/Máscara]

10 comentários:

  1. Tati querida. Eu fui uma adolescente assim. Precoce, não seguia regras, modismos, nada pra ser como as outras pessoas. Aos 15 anos eu curtia MPB puraaa, Bethânia, Gal, Gil, caetano, Lô Borges, Beto Guedes. E tinhas amizades, além das comuns pra minha idade, sempre com pessoas mais velhas. Mas eu fui uma adolescente pra lááá de feliz.
    Não mude nunca flor, pois voce perderia a sua "Essência". As pessoas sempre vão gostar da gente, pelo que a gente é. Quem não gostar..ahhh, nunca irão saber a raridade do nosso coração. Do seu coração.
    Um grande abraço flor, aproveite o fim de semana.

    ResponderExcluir
  2. o segredo está em conviver com as diferenças =)

    beiijo flor,
    bom fim de semana
    *.*

    ResponderExcluir
  3. Oi tdu bem!?
    Você não precisa mudar para agradar outras pessoas
    Tem que ser você.Não ligue para que as pessoas falam de você do seu modo de falar ou vestir
    O importante é ser Você


    Nunca mude seu estilo tá bom?
    Continue assim
    Eu gosto de ler o que você escreve.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  4. O importante é ser você. As pessoas tem que gostar de você pelo que você é, e não pelo o que elas gostariam que fosse .

    beijos amr :

    ResponderExcluir
  5. ' Tatii ..
    lendo esse texto pude me ver nele também rs ..
    algumas vezes já parei pra pensar em mudar .. e até tentei, mas por experiencia propria flor.. não faça isso, se já assim como somos nos sentimos 'estranhas' perto de nossas amigas (que acham que só porque curtem tudo isso que tu falou) normais, ficamos pior ainda quando tentamos ser algo que NÃO somos!
    Também sou que nem você, não uso girias, não gosto de fuck (não mesmo) nem rock pesado .. sou MIL vezes um Mpb (principalmente Ana C.), não suporto (;x) Nick Shox, não gosto (acho vulgar, opnião minha) me mostrar com meu corpo .. e até mesmo mostrar que sou briguenta pra ter 'moral' (1° porque acho que os unicos seres que possam brigar são os animais, pois eles não sabem conversar).
    Enfis flor, não precisamos e nem devemos fingir que somos algo para agradar a todos, ou ter aquele grupinho top de escola sabe? ¬¬ eu não to nem aii ..
    quem gosta de mim tem que gostar pelo o que eu sou e como sou.. não pelo que gostariam que fosse (assim como disse: Larisse Velozo)
    Desabafei .. rs

    Um beijoo bem GRANDÃO !
    ;**********

    ResponderExcluir
  6. Nossa, me identifiquei demais com o seu texto. A sociedade é mesmo assim, o segredo é tentar sobreviver a essas diferenças. Belo texto, Tati. Beijos :*

    ResponderExcluir
  7. ola tudo bem? amei seu blogg super criativo parabens !! estou te seguindo espero que naos e importe! beijoss

    ResponderExcluir
  8. seja você sempre...
    tb me sinto assim, mas naum mude pelos outros...
    mude por vc, e as pessoas tem que te aceitar do jeito que é.
    beijoo floôr

    ResponderExcluir
  9. Acho que vc é muito especial!
    Tem nada que mudar pelos outros!

    Vc tem fibra e sensibilidade... os outros ( quem realmente vale a pena) verão seu valor.

    ah, pra que ser igual se vc pode ser diferente e de certa forma, com um gosto mais apurado!
    Quantas das suas amigas, ouvem Janis Joplin? Citam Caio Fernando ou Clarice? Ou Nara Leão?
    Acho que vc é linda, por dentro e por fora, do jeito que é!

    bjos
    Te cuida
    e liga pra isso não!
    sou mais vc!

    ResponderExcluir
  10. Tati..
    A nossa sociedade tem uma cultura "popular" diferente, os que tem interesses por outras mídias, são criticados...Tipo se você lê livros, ou tira nota boa em filosofia...vc já vira a Nerd...haushuahsua...Gostar de Madeleine Peyroux, Cat Power, Carla Bruni, Céu...então te transformam em E.T...haushuahsh...Hoje eu encontrei o equilibrio vou de um extremo ao outro sem me magoar e nem magoar os outros...escutar um batidão com os amigos não vai me matar...haushuahs...A questão é o equilibrio...Mas não mude a sua essência. As pessoas que te amam...Amam porque você é você...E nisso que eu acredito...

    ResponderExcluir

22, leonina, estudante de Recursos Humanos, feminista, louca, exagerada, dramática, maníaca, fantasiosa, apaixonada, delirante, cinéfila, MPB, paz e amor e viciada em café.

 
Por ti, pra ti © todos os direitos reservados :: voltar para o topo