Páginas

~ 26.4.10 ~


"Não devemos considerar o amor um crime, apenas por ser diferente."



Uganda tem projeto que pode condenar gays à pena de morte
Muitos gays já foram xingados e até atacados e são obrigados a viver quase que clandestinamente num país que não reconhece o homossexualismo como direito humano.
Mauritânia, Nigéria, Sudão, Somália, Iêmen, Arábia Saudita e Irã prendem e executam gays e lésbicas.


“Gays têm três vezes mais chance de pegar o HIV. Por isso, combater o homossexualismo é combater a Aids”, defende o deputado David Bahati.


Sem comentários pra essa postagem, onde esse mundo vai parar? Pessoas banindo umas as outras, tirando o direito de amar e se expressar diante a sociedade. Fiquei realmente muito triste quando li esta reportagem! Estou chocada, pensei que aqui no Brasil fosse o lugar de maior preconceito conta homossexuais e bissexuais e agora me deparo com essa brutalidade.
Pena de morte, ou prisão perpétua? O que é isso? Estamos lidando com criminosos fora da lei, ou com pessoas normais que querem somente se expressar? ... 
Tati Lemos

Nas noites de frio é melhor nem nascer
Nas de calor, se escolhe: é matar ou morrer
E assim nos tornamos brasileiros
Te chamam de ladrão, de bicha, maconheiro
Transformam o país inteiro num puteiro
Pois assim se ganha mais dinheiro.




Cazuza/O tempo não para

19 comentários:

  1. obrigada querida!

    adorei o post =)

    beiijo

    ResponderExcluir
  2. eu não tenho nada contra a homossexualidade, e esse lance de aids, qualquer um hoje em dia pode transmitir!

    adorei o post, beijos

    ResponderExcluir
  3. Que bom que a cirurgia correu tudo bem. x)
    Eu vi essa matéria, acho que ontem, no jornal. Repugnante! É triste ver que existem países/pessoas com a cabeça tão fechada. Prisão perpétua, pena de morte? Absurdo.
    Não tenho nada contra, respeito à orientação sexual de cada um. Todos deveriam ser respeitados, seja qual for a sua opção.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. .


    Todos sabemos que, quanto mais
    os homossexuais se declararem e
    através de estudos ou trabalho
    conquistarem direitos civis, mais
    os que detestam gays se tornarão,
    eles sim, a minoria incorreta.

    silvioafonso.





    .

    ResponderExcluir
  5. é realmente lamentável ver que existe pessoas com esse pensamento, tratam pessoa, que apesar da sua opção sexual os tratam como animais ou um ser sem vida e sentimento, muito triste!

    passa lá no meu blog e deixa sua opinião sobre meu post de hoje :)

    ;**

    ResponderExcluir
  6. ooi, tem selinho pra você no meu blog *-*
    beijão!

    ResponderExcluir
  7. Tati, é tão repugnante ver isso, essa matéria. Enfins...Vamos pedir piedade, Senhor piedade...pra essa gente careta e covarde.
    Um dia, deixarão as pessoas serem felizes do jeito que elas são.


    "Outro dia, numa entrevista, perguntaram-me o que eu penso a respeito do amor homossexual. A vida é tão breve, a felicidade tão rara, meu Deus, deixem as pessoas fazer o que quiserem com seus corpos! Só não gosto e não aceito vulgarização. O sexo é grave, nobre, belo, então a vulgarização me dói. Mas, afora o vulgar, a liberdade no amor deve ser absoluta. Com tanta violência, por que vamos perseguir justamente o amor? Já basta a miséria que nos tira quase tudo."

    (Gazeta Mercantil, 16/04/2000)

    por Lygia Fagundes Telles


    Dá-lhe Lygia!!!

    Abração Tati!

    ResponderExcluir
  8. É triste saber que os seres humanos não aceitam uns aos outros com suas diferenças e particularidades, muito triste...

    Tenah uma linda semana!

    Beeijo

    ResponderExcluir
  9. Eu vi isso no fantastico.
    Sinceramente, isso nao eh coisa de humano; eh repugnante uma pessoa pensar numa coisa dessas e ainda querer fazer lei de matar homossexuais dando desculpas esfarrapadas pros preconceitos.
    Enfim, eh o fim do mundo mesmo; ninguem respeita ninguem mais.
    Eu abomino aquele povo todo e espero que o mundo inteiro ajude o pessoal de la a acabar com esse lance ridiculo.
    Respeito muito as pessoas e sinto nojo de todas as pessoas preconceituosas.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. infelizmente ainda existe muita distorção e preconceito na percepção de mundo de muito seres humanos.
    sou professora de direitos humanos e sempre as aulas mais polêmicas são as que contextualizam a homossexualidade e a união homoafetiva.
    mas acredito na transformação e na força do amor. vamos construindo, é um dever de todos nós.
    bjo querida.

    ResponderExcluir
  11. Oi, tem selo para você no meu blog.

    ResponderExcluir
  12. Com certeza! É realmente ridículo esse preconceito. Se a pessoa não concorda com a escolha do outro, pelo menos respeite. Eu acho que existem coisas MUITO mais importantes e urgentes a serem tratadas, do que ficar exterminando inocentes.

    Ótimo post!

    ResponderExcluir
  13. É a lei dos homens, contra a própria leis dos homens. Uns concordam, outros discordam. E que tenham suas razões bem decididas para isso.

    ResponderExcluir
  14. Mais do que liberdade de expressão, homossexualismo não é nem mesmo opção, é condição. Quem optaria vevier a margem de uma sociedade preconceituosa ou até mesmo intolerante como é o caso?
    Beijo.

    ResponderExcluir
  15. IGNORANCIA é a palavra adequada minha querida.

    Mas o q esperar de pessoas q mutilam suas crianças (sexo feminino - extraindo o clitores) para q elas não sintam prazer?
    Isso acontece em 28 paises africanos.

    Sabe o que eu me pergunto?

    SERÁ QUE EXISTE MESMO OS DIREITOS HUMANOS?? OU DECLARARAM PENA DE MORTE A ELES TAMBÉM E NÓS NEM FICAMOS SABENDO.

    ResponderExcluir
  16. Não tem como ver esse tipo de coisa e não ficar indignada, né?

    Você viu o a pérola que o Evo Morales soltou?
    Ele culpa os hormônios dos frangos pela homossexualidade.

    É incrível e revoltante como tem gente ignorante no poder!

    ResponderExcluir
  17. eu nem consigo mais ler essa notícias.


    triste isso.


    espero que essa doença, que é a tamanha homofobia do nosso mundo, um dia possa ser combatida.

    ResponderExcluir
  18. Adorei o texto, amei a música

    ;*

    ResponderExcluir

22, leonina, estudante de Recursos Humanos, feminista, louca, exagerada, dramática, maníaca, fantasiosa, apaixonada, delirante, cinéfila, MPB, paz e amor e viciada em café.

 
Por ti, pra ti © todos os direitos reservados :: voltar para o topo