Páginas

~ 24.2.11 ~

"Trata-se de uma decepção diferente: (...) não tenho ódio nem vontade de chorar. Em compensação também não tenho vontade de mais nada."

'Tenho sido feliz, mas sempre penso em você. Mais de tardezinha que de manhã.
Sabe, eu me perguntava até que ponto você era aquilo que eu via em você ou apenas aquilo que eu queria ver em você. Eu queria saber até que ponto você não era apenas uma projeção daquilo que eu sentia, e se era assim, até quando eu conseguiria ver em você todas essas coisas que me “fascinavam” e que no fundo, sempre no fundo, talvez nem fossem suas, mas minhas, e eu pensava que amar era só conseguir ver, e desamar era não mais conseguir ver, entende?
É engraçado pensar que por um longo tempo eu quis tanto ser a sua paz, quis tanto que você fosse o meu encontro. Quis tanto dar, tanto receber. Quis precisar, sem exigências. E sem solicitações, aceitar o que me era dado. Sem ir além, compreende? Não queria pedir mais do que você tinha, assim como eu não daria mais do que dispunha, por limitação humana. MAS O QUE EU TINHA, ERA SEU.
E com todas essas coisas eu paro e penso, se você tivesse ficado, teria sido diferente?

Ele, o incrível Caio

30 comentários:

  1. Aqui, o Caio é sempre Fernando Abreu!

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  2. Parabens pelo Blog, ficou show !!

    Att,
    sawuelbruno™

    ResponderExcluir
  3. Ele disse e você repete exatamente o que meu coração sente!

    Amo aqui!

    =)

    ResponderExcluir
  4. Ih querida, acredito que se uma única coisa mudar, o universo todo muda junto.
    rs

    O Caio é incrível. Ele me -nos- entende.

    beijos

    ResponderExcluir
  5. Sem explicação para o Caio.
    Eterno <3

    Abraço forte!

    ResponderExcluir
  6. aaah meu bem obrigada pelo carinho!também adorei seu cantinho,muuito fofo *--*
    deixa o coração sentir..e que seja leve!
    um beijo e ótimo finalzinho de semana pra você querida :**
    seguindo de volta :)

    ResponderExcluir
  7. porque depois que conheci caio, a minha vida tem ficado muiito mais doce! *.*

    teu vlog é lindo. Seguindo.
    obs: iremos compartilhar muitos textinhos. aheuahueh

    beiijos :*

    ResponderExcluir
  8. - Hei, Tati, seu blog é lindo! Vou segui-lo urgentemente...hehe. Beijão!

    ResponderExcluir
  9. 'Eu quis tanto ser a sua paz, quis tanto que você fosse o meu encontro. (...) o que eu tinha era seu.'

    Caaio, maravilhoso Caio *-*
    Post muito liindo, flor. A gente às vezes se pega pensando mesmo em como teria sido se as coisas não tivessem seguido o rumo que seguiram. Mas o importante mesmo é acreditar que o que for pra acontecer, acontecerá. Se Deus quer, acontece ;)

    beijos meus e ótima semana :*

    ResponderExcluir
  10. Oi vizinha, saí pra dar umas voltas pela vizinhança e te encontrei.Quero te convidar para tomar um café lá em CASA !Se tiver um tempinho e resolver se hospedar por lá , também me acomodo aqui em seu cantinho!
    Abraço da vizinha ao lado
    Valéria

    ResponderExcluir
  11. Caio foi tão você agora, que até me confundi e inverti os textos.

    Beijos e beijos, tati.

    ResponderExcluir
  12. Coisa doída e linda...
    Já falei isso antes, no seu blog? Se sim, é pura coincidência...
    Por que há dores que temos que experimentar, para amadurecer? Não sei, mas... putz, elas existem!
    Que doam, pois nos farão mais fortes. E que prossigamos com a nossa vida, pois o horizonte, cada vez que se aproxima, se distancia - ele sabe que estamos crescendo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Lindo blog...

    Estou seguindo neste outro tb...

    Obrigado pela visita e pelo comentário... :D

    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Adorei seu blog estou seguindo e queria te convidar para visitar e seguir o meu:
    sonhos-de-adolescentes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Ah Tati...Esses texto do Caio me deixam tão inspiradaaa! *-*

    ResponderExcluir
  16. Eu simplesmente Amei o seu blogguer.

    Que cantinho mais gostoso de se ver e ler.
    Estarei sempre por aqui...venha me ler também.

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Nem sempre tudo é como esperamos que seja...
    Seu blog cada dia mais lindo amiga!

    ResponderExcluir
  18. Ninguém escreve como Caio.
    Ele era formidável.

    beijoooo

    ResponderExcluir
  19. Texto maravilhoso!
    Combina com esse espaço.

    Beijos,Tati!

    ResponderExcluir
  20. oie.. muito lindo isso aqui...um xero minha flor!!

    ResponderExcluir
  21. Maravilhoso sempre!
    Vc sempre com posts perfeitos neh Tati!!!

    Beijos!!!!

    ResponderExcluir
  22. Vc e o caio tem uma ligação literária que reflete nos elementos corporais, pelo jeito, personalidade...sentimentalismo..
    Lindo texto

    ResponderExcluir
  23. Ai, ler isso agora só intensificou minha dor-de-cotovelo. Mas besteira já me acostumei com ela.

    Quanto tempo, flor! Aqui continua lindooo!

    um beijo.

    ResponderExcluir
  24. As vezes pequenas palavras, fazem a gigante diferença, onde nos levar a alturas mas lindas que todos pensamentos anteriores não foram possíveis.
    amei seu espaço...
    e será sempre bem vida. todos seus comentários..
    nobre amiga da letras.

    ResponderExcluir
  25. "MAS O QUE EU TINHA, ERA SEU."

    Tão forte! Pena algumas pessoas não valorizarem.

    Bjo, fia.

    ResponderExcluir

22, leonina, estudante de Recursos Humanos, feminista, louca, exagerada, dramática, maníaca, fantasiosa, apaixonada, delirante, cinéfila, MPB, paz e amor e viciada em café.

 
Por ti, pra ti © todos os direitos reservados :: voltar para o topo