Páginas

~ 17.9.11 ~

Tenho andado muito ruim, moço. O corpo, a saúde propriamente dita, tudo bem. O que vai mal é a 
cuca. Depressões, confusões, pirações...
Caio F.

Desculpem-me pelas linhas que aqui muitas vezes traço sem sentido algum, que  apenas escrevo para me livrar da dor dessa ferida que não cicatriza e que necessita ser escrita para não se espalhar pelo corpo todo. Desculpem-me pelas palavras feias ou bonitas de mais que uso pra descrever ele, aquele que uma dia amei e amo até hoje, desculpem-me pelos vagos pensamentos e desejos de te-lo novamente aqui comigo. Desculpem-me por fazer de vocês meros ouvintes de minha triste história de amor, que como muitas outras não deu certo. Espectadores dessa terrível e trágica desilusão amorosa na qual me encontro, desculpem-me os choros que seguro mais aqui deságuo em frases poéticas escrita na maioria das vezes pelo Caio, Desculpem-me mais uma vez por eu ser besta de acreditar no amor verdadeiro e esperar por ele ainda.

Tati Lemos

16 comentários:

  1. Olá,
    Parabéns pelo blog! Estou seguindo.
    Segue lá também..

    http://estanteseletiva.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Como esquecer não é?
    As vezes é bom desabafar.

    Tudo sempre lindo por aqui Tati.

    Bjooos

    ResponderExcluir
  3. Tão lindo isso. Me sinto assim também, me sinto muito assim.

    Abraço meu.

    ResponderExcluir
  4. Acho que a maioria de nos escrevermos para nos livrarmos de algo, pena que não adianta.. :(

    ResponderExcluir
  5. Lindas palavras tati...
    'Que seja doce' a sua vida.
    desejo q voce seja muito mais muito feliz mesmo, pois voce merece...
    Bjão do Seco menina.

    ResponderExcluir
  6. Eu gosto de gente que deixa a emoção escorrer pelos dedos, Tati. Gosto mesmo.

    Um beijo, querida. Ótima semana!

    ResponderExcluir
  7. Nao tem pelo que se desculpar flor!
    E nao desista do amor NUNCA!

    Ja sobre o sofrimento, faca o que for pra tira-lo de dentro de si! poe pra fora msmo!

    Faca uma limpeza ae dentro do seu coracao pra poder enche-lo de novo ;]

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Desculpo-te se me prometer não desistir nunca do amor e que vai continuar.

    E das coisas que escreve, embora algumas triste e dolorosas é de uma delicadeza pra nossas almas, nossos espíritos.

    Saudades daqui.

    ResponderExcluir
  9. Por eu ainda acreditar e esperar pelo amor, me vejo tanto nos seus textos...
    Não tem como, não se identificar com eles, com você...
    Eles refletem a sua linda alma!
    Já estava com saudade de vir aqui..
    Desculpa o sumiço, correria dos estudos, rs...
    Me perdoe, ótima semana!
    Bjoo..♥

    ResponderExcluir
  10. Tão meu este texto!

    Escrever para não espalhar a ferida, a dor por todo o corpo.

    Que lindo isso, Tati!

    um beeijo*

    bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  11. Oi Tati vim te ver novamente...:)
    E aproveitar para te convidar a conhecer meu novo blog...
    http://aminhapazvosdou.blogspot.com/
    Qdo puder dê uma passadinha por lá...
    bjos,

    ResponderExcluir
  12. Se o coração está bem, o resto se resolve... É o meu caso ultimamente.

    ResponderExcluir
  13. eu peço as mesmas desculpas...
    a gente precisa desabafar de alguma forma...

    alegrias pra vc! pra mim tb...
    apesar de tanta falta de amor verdadeiro nesse mundo...

    ResponderExcluir
  14. Nossa Tati..muito lindo!
    Tudo tão sincero,tão doce e triste,tão eu..rs!

    Não desista do amor..porque como diz Ana Jácomo: "só o romântico diz que não vai mais amar"

    Nós duas sabemos..que vamos sempre amar,e corremos o risco de chorarmos um pouco,acontece..mas um dia da certo,certeza! ^^

    beeijos

    ResponderExcluir

22, leonina, estudante de Recursos Humanos, feminista, louca, exagerada, dramática, maníaca, fantasiosa, apaixonada, delirante, cinéfila, MPB, paz e amor e viciada em café.

 
Por ti, pra ti © todos os direitos reservados :: voltar para o topo