Páginas

O homem da minha vida

~ 25.3.14 ~




Prometo não mais chorar no final dos filmes "mulherzinha", prometo não tentar mais entender o que passam na cabeça dos homens, pois quanto mais eu sei sobre eles mais eu quero ficar sozinha, prometo também não me apaixonar por estranhos, pois eu tenho essa incrível mania de conversar com a pessoa uma semana e já morrer de amores por ela e não irei mais no supermercado a fim de esbarrar com o homem da minha vida lá.
Temos que ser fortes e seguras né? Homens gostam disso, apreciam isso, se apaixonam por isso. E li ontem mesmo numa frase que quem procura não encontrará nada, é preciso estar distraído para que o amor chegue até você, então vou parar com isso. Eu saio por ai procurando o amor da minha vida e só tomo na cara. Na busca da pessoa certa eu só encontro as erradas, quando chegar a pessoa certa a errada vai ser eu.
As vezes eu fico até imaginando se esse meu "querer ter alguém" não é modismo, por que todo mundo tem que ter um relacionamento sério, ou se talvez cada um precise mesmo do outro, precise ser cuidado e ter carinho do outro. O ruim é que, imagina passar uma vida inteira sem encontrar o amor da sua vida?
E as vezes também tem gente que, de tanta porrada que levou de amores mal resolvidos resolve se fechar dentro de um casco, dentro que algo que o proteja de todo o amor, até os bem intencionados que chegarem! As pessoas perdem a confiança, nos outros e em si mesmas, eu por exemplo, sou assim, mas não canso, parei de procurar, mas irei esperar até o fim.
Mas aviso que já me esgotei de casinhos sem futuro, de histórias de amor que perdem a graça no primeiro capitulo, desses que um mês depois você não recebe mais mensagem no celular desejando um bom dia, dos beijões de língua que agora se transformaram em selinhos formais ao cumprimentar e outro ao despedir.

6 comentários:

  1. Estás certa em parar de procurar, por que o amor aparece quando estamos distraídos. Creio que as grandes aventuras, encontros, conversas e pessoas do bem aparecem exatamente nesse momento de distração, você não espera nada da vida, mas vive ela e ela te enche de surpresas. :)

    beijos de luz!

    ResponderExcluir
  2. Acho que procurar a mulher ou homem da vida pode dificultar, pode tirar a essência de fato, de ema fração de minuto da de cara com a pessoa que vai amar para vida toda. É bem melhor esperar.
    http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Quando a gente tá na incansável busca, é difícil mesmo parar e deixar a vida se encarregar de trazê-lo para nós. Mas o pior é que é assim que funciona mesmo. É uma regra que vale não só pro amor, mas pra muitas outras coisas. É quando a gente descansa que a sorte vem.
    Um beijo, Tati!

    ResponderExcluir
  4. Meu novo texto tá a sua cara, :)

    " Mas aviso que já me esgotei de casinhos sem futuro, de histórias de amor que perdem a graça no primeiro capitulo, desses que um mês depois você não recebe mais mensagem no celular desejando um bom dia, dos beijões de língua que agora se transformaram em selinhos formais ao cumprimentar e outro ao despedir."

    Seu texto é incrível e eu sinto tudo isso.

    ResponderExcluir
  5. Acho que a gente cansa de viver de casinhos, de gente que não se entrega, sabe? Eu, pelo menos, espero alguém que vire meu mundo de cabeça pra baixo, que me tire da zona de conforto. Amor vale a pena quando mexe com a gente (se não, nem é amor).

    ResponderExcluir
  6. aaaaaaaaaaaaaaah voce voltou? linda que sdd ): awn
    lindona, voltei com o blog, passa lá. um beijo
    http://kellencoliveira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

22, leonina, estudante de Recursos Humanos, feminista, louca, exagerada, dramática, maníaca, fantasiosa, apaixonada, delirante, cinéfila, MPB, paz e amor e viciada em café.

 
Por ti, pra ti © todos os direitos reservados :: voltar para o topo