Páginas

O Diário de Anne Frank

~ 18.7.15 ~

Olá! Para quem não conhece Anne Frank, abaixo uma breve biografia da menina que virou simbolo histórico:


Editora: Record
Escritora: Anne Frank, tradução de Alves Calado 
Número de páginas: 349, algumas contém fotos.
Anne Frank foi uma adolescente de origem judaica que viveu com sua família na Alemanha, testemunhou o holocausto do nazismo escondida com sua família em um "anexo", nome que deu ao esconderijo, o qual ficava no sótão de um escritório. Anne viveu até seus 15 anos de idade, foi quando com sua família, e mais algumas pessoas foi descoberta e capturada pelos soldados alemães, e enviada ao campo de concentração. Anne mantinha contato diário com um caderno de anotações, onde descrevia suas emoções, escrevia sobre seus dias no anexo e o comportamento das pessoas ao seu redor, Anne morreu em 1945 com uma epidemia de tifo, e seu pai, o único da família que sobreviveu, publicou seu diário em 1947, desde então o livro ficou conhecido como "O Diário de Anne Frank". 

O Diário de Anne Frank foi um dos livros mais interessante que li nesses últimos tempos, ele traz relatos muito importantes, fala de coisas simples, coisas que ela fazia e sentia, e é tão normal lê-lo e se identificar com a Anne.  Ela iniciou o diário (que chamava de Kitty) em 12 de junho de 1942 e seu ultimo dia de escrita foi em 1º de agosto de 1944, ou seja, durante 2 anos ela escrevia no diário, é impossível não ficar comovido ou cúmplice dos segredos da pequena Anne. Apesar de ter durante essa época a idade entre 13, 14 e 15 anos, ela parecia muito madura e seus pensamentos fariam muita diferença no mundo hoje. Era uma adolescente atemporal à sua época, além de escrever super bem, sentia como ninguém, mesmo escondida por 3 anos dentro de um sótão com outras pessoas e tendo que fazer rotinas domésticas ela achava um tempo pra ser feliz e escrever. 
Em várias passagens do livro, Anne falava que gostaria muito de um dia ser uma escritora conceituada, ou uma jornalista, infelizmente não da forma que queria, mas ficou famosa. 

"Agora é muito mais fácil falar com Peter coisas que normalmente eu guardava pra mim; por exemplo: eu disse que mais tarde quero ser escritora, se não puder, quero escrever nas horas vagas."

"O ministro Bolkestein, falando no noticiário holandês transmitido da Inglaterra, disse que depois da guerra farão uma coletânea de diários e cartas que falem da guerra. Claro que todo mundo lembrou imediatamente do meu diário. Imagine como seria interessante se eu publicasse um romance sobre o Anexo Secreto. Só o título faria as pessoas acharem que é uma história de detetives."

"E agora terminou mesmo. Finalmente percebi que tenho que fazer os deveres da escola para não ficar ignorante, para continuar com a vida, para me tornar uma jornalista, porque é isso que eu desejo! Eu sei que posso escrever. Algumas de minhas histórias são boas, minhas descrições do Anexo Secreto são bem humoradas, boa parte do meu diário é vivo e interessante, mas... resta saber se realmente tenho talento."

Como falei antes Anne era madura o bastante pra entender e ter as mesmas dúvidas de um adulto, questionar a vida, e além disso era muito, mas muito humana, como nessa passagem:

"Quem fez isso contra nós? Quem nos separou de todo o resto? Quem nos colocou neste sofrimento? É Deus que nos fez do jeito que somos, mas é Deus que irá nos erguer no final. Aos olhos do mundo estamos condenados, mas se depois de todo esse sofrimento ainda sobrarem judeus, o povo judeu servirá de exemplo. Quem sabe, talvez a nossa religião ensine ao mundo e as pessoas sobre bondade, e talvez este seja o único motivo de nosso sofrimento."

"Uma das muitas perguntas que me incomodam é porque as mulheres eram vistas, e ainda são, como inferiores aos homens. É fácil dizer que isso é injusto, mas não basta; realmente gostaria de saber o motivo desta grande injustiça (...)"
"No livro Soldado no Front Doméstico fiquei chocada com o fato de que somente com o parto a mulher costuma sofrer mais dor, doenças e infortúnios do que qualquer herói de guerra, e o que ela recebe por suportar toda essa dor? É jogada para o lado quando é desfigurada pelos partos, os filhos logo vão embora, a beleza desaparece. As mulheres, seres que sofrem e suportam a dor para garantir a continuação de toda a raça humana, seriam soldados muito mais corajosos (...) Não quero sugerir que as mulheres parem de ter filhos; pelo contrário, a natureza lhes deu essa tarefa, e é assim que deve ser. O que condeno é nosso sistema de valores e os homens que não reconhecem como é grande, difícil, mas lindo o papel da mulher na sociedade."

E nessa ultima passagem, tive a sensação de que Anne escreveu isso em pleno 2015, porque parece o que estamos passando.

"Bem no fundo os jovens são mais solitários que os adultos, li isso em algum livro e ficou na minha mente. Então se você está se perguntando se ficar aqui é mais difícil para os adultos, a resposta é não, com certeza. Os mais velhos tem uma opinião formada sobre tudo, são seguros de si e de seus atos. Para nós, jovens, é duas vezes mais difícil manter nossas opiniões numa época em que os ideias são estraçalhados e destruídos, quando o pior lado da natureza humana predomina, quando todo mundo duvida da verdade, da justiça e de Deus."

Pessoal, tem muito que não escrevi aqui na resenha, mas espero que tenham interesse em ler o livro, é muito interessante, além de ser uma obra histórica. Apesar de parecer uma história triste, tirei muitos conselhos dele, dei muitas risadas em algumas páginas, as descobertas de Anne eram as mais normais e óbvias para uma adolescente. Principalmente o publico feminino, leiam o livro!  Porém, o final, como muitos outros livros é triste.


13 comentários:

  1. Querida amiga,
    sua indicação é maravilhosa!
    Gostaria de reler esse livro,]
    pois há anos que o li,
    mas vc foi muito feliz na escolha!
    Bjos e linda semana,querida!
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  2. Eu amei esse livro e me envolvi muito com a história da Anne Frank, ler um livro que realmente foi um diário foi uma experiência única.
    Beijos
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
  3. Oie,
    vejo muito este livro, mas confesso que ainda não tive um dia que estivesse no espirito para ler esta obra.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Caramba, o último trecho que você selecionou realmente poderia facilmente ter sido escrito nos dias atuais, mais verdadeira impossível <3.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Que legal, me interessei por este livro. Vou procurá-lo!

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho interesse em ler o livro e conhecer um pouco mais a história da Anne desde quando vi o filme A Culpa É Das Estrelas em que eles citam a Anne Frank.

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá Tati,

    Ai está um livro que tenho muita vontade de ler, a minha curiosidade é grande e espero que possa ler em breve, ótima dica;....bjs.

    www.devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Eu morro de amores por esse livro e por todas as lições de vida que ele dá. ♥

    ResponderExcluir
  9. Putz. Impossível ler e não se comover.
    Mesmo todo mundo sabendo o final trágico, a gente acaba esquecendo e no fundo torce para dê tudo certo!

    ResponderExcluir
  10. Li por meados de 2010 este livro e adorei. Gostei da forma como a Anne passa suas vivências e por mais triste e melancólica que a história possa parecer para muitos, eu vi como positiva a forma como ela se firmou a escrita como uma forma de desabafo e dom. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Esse livro é muito bom. Gostei da sua resenha... bem explicadinha, mas que não passa mais do que deve-se contar. Comecei a ler esse livro quando estava no segundo grau, mas tive que parar por causa de período de provas. Agora ele está na minha lista de leituras obrigatórias. kkk
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  12. Pengen yang lebih seru ...
    Ayo kunjungi www.asianbet77.com
    Buktikan sendiri ..

    Real Play = Real Money

    - Bonus Promo Red Card pertandingan manapun .
    - Bonus Mixparlay .
    - Bonus Tangkasnet setiap hari .
    - New Produk Sabung Ayam ( minimal bet sangat ringan ) .
    - Referal 5 + 1 % ( seumur hidup ) .
    - Cash Back up to 10 % .
    - Bonus Royalty Rewards setiap bulan .

    Untuk Informasi lebih jelasnya silahkan hubungi CS kami :
    - YM : op1_asianbet77@yahoo.com
    - EMAIL : melasian77cs@gmail.com
    - WHATSAPP : +63 905 213 7234
    - WECHAT : asianbet_77
    - SMS CENTER : +63 905 209 8162
    - PIN BB : 2B4BB06A / 28339A41

    Salam Admin ,
    asianbet77.com

    Download Disini

    ResponderExcluir

22, leonina, estudante de Recursos Humanos, feminista, louca, exagerada, dramática, maníaca, fantasiosa, apaixonada, delirante, cinéfila, MPB, paz e amor e viciada em café.

 
Por ti, pra ti © todos os direitos reservados :: voltar para o topo