Páginas

Só as Mulheres e as Baratas Sobreviverão - Claudia Tajes

~ 5.12.15 ~

Editora: L&PM Editores
Autor: Claudia Tajes
Número de páginas: 125
 "Para mulheres em geral 
e para os homens que
gostam das mulheres
seja do jeito que for."

Prefácio:
Qual a sua fobia?
A de Dulce, produtora fotográfica batalhadora, trinta e muitos, são as baratas. Como num pesadelo, numa noite de sábado em que se prepara para mais um encontro com um potencial pretendente, ela se depara, ao sair do banho enrolada na toalha, com uma barata descansando em cima do vestidinho preto básico escolhido para a ocasião.
(...)

Pois é gente, não aguentei e tive que trazer a Claudia Tajes de novo aqui no blog, adorei sua escrita, seu humor, seu ar de comodidade em todas as histórias.

Como puderam ler uma parte do prefácio, o restante é o seguinte, ela se depara com a barata no closet em cima do vestido que ia sair, e então entra em pânico, sai do closet, tranca a porta, poe até uma poltrona pra segurá-la e fica do lado de fora, apenas de toalha. Enquanto o "potencial" pretendente à espera para o jantar, Dulce do lado de fora do closet e a barata lá dentro passam a noite nessa situação, Dulce, uma mulher super bem humorada e experiente amorosamente começa um monólogo com a barata, contando histórias, dando conselhos e tudo mais. Durante toda a noite até o amanhecer, o "potencial" pretendente de Dulce nem liga pra saber o que houve, ou seja, a mulher não compareceu ao encontro e ele nem aí, sacanagem isso!

O livro, conforme outro que já postei aqui, apesar de conter poucas páginas traz muita riqueza nos detalhes, nos arranca risos, de verdade! A Claudia tem uma escrita divertida e engraçada, que não dá vontade de parar de ler. Ela também nos remete a uma reflexão "e se só restassem as mulheres e as baratas?". As situações mais normais ela transforma em algo cômico, e as coisas que fazemos, falamos ou pensamos, que guardamos apenas para nós mesmos, ela vai lá e escancara, assim na cara dura.

Então para encerrar a postagem de hoje, trouxe a mini biografia da escritora, junto com os nomes de outras obras dela, caso alguém tenha interesse.

Claudia Tajes, nasceu em Porto Alegre, em 1963. Redatora publicitaria, estreou na literatura com Dez (quase) Amores (2000). Seguiram-se As pernas de Úrsula (2001), Dores, amores & assemelhados (2002), A vida sexual da mulher feia (2005), Louca por homem (2007), Vida dura (2008).
Depois de 2009, ela também escreveu os seguintes títulos: Por Isso Eu Sou Vingativa (2011) e Sangue Quente - contos com alguma raiva (2013).

26 comentários:

  1. Não conhecia.

    r: Muito obrigada! Sim, fui eu que os escrevi*

    ResponderExcluir
  2. Gostei do teu post..não conhecia o livro =) obrigada pela partilha, muito interessante...
    Comecei a seguir o teu blogue, gosto do que tens por aqui...
    Faz uma visita ao meu blogue e espero que gostes do que tenho publicado por lá... ;)

    http://nuancesbyritadias.blogspot.pt/
    Beijinhos*

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia, mas ultimamente tenho andado preguiçosa para a leitura.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia, mas ultimamente tenho andado preguiçosa para a leitura.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  5. Ai, quero ler, quero ter esse livro. Parece ser super legal!

    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Adoro esse estilo de romances girly!
    Quero lê-lo!

    Beijinhos ♥
    http://lovingmypinkbubble.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Não conhecia "Só as Mulheres e as Baratas Sobreviverão" nem a autora Claudia Tajes, mas gostei da premissa do livro. Além de ter um enredo curioso, deve ser uma leitura bem rápida, uma vez que possui poucas páginas.

    Abraço!
    http://tudoonlinevirtual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oii, Mds " só as mulheres e as baratas sobreviverão", o título é bem legal. Não conhecia a autora, muito menos o livro rsrs.. Gostei muito da resenha fiquei carioquíssima para ler *_* Bom estou de visita e tchan já estou seguindo.
    Visite meu blog e siga!
    Beijos
    http://palavrass-ao-vento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Curti! Nunca tinha ouvido falar no livro. Parece ser muito legal e divertido. Só pela capa já dá para perceber esse ar de humor! ^^
    Quero ler!
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  10. Já tinha ouvido falar desse livro, mas não sabia sobre o que se tratava. Adorei a resenha e fiquei com vontade de ler, parece ser muito bom!
    Beijos
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
  11. Nossa, obrigada por nos apresentar essa linda autora *_*
    Gostei do jeito como abordou o tema das mulheres.Foi duferente e irônico e reflexivo. Amei <3

    Beeijos :)
    http://carolhermanas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Gosto de leituras descontraídas assim, logo já gostei do livro. Não conhecia nem a autora e nem o livro, assim que li o título do post já me simpatizei com o livro, depois de ler a resenha, já quero ler o livro. E esse acontecimento da Dulce com a barata, já aconteceu parecido comigo, mas ao invés da barata estar em cima do vestido, estava em cima da toalha que eu tinha que me secar mesmo D: imagina o meu desespero.

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Tati!
    Monólogo com a barata, essa é novidade para mim. Fiquei curiosa para ler por causa disso!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  14. Vi esse livro na livraria há alguns dias atrás mas não dei muita bola pra ele... Agora que li sua resenha, fiquei com vontade de ler o livro também haha parece ser muito divertido e eu super me identifiquei com a Dulce e esse pavor todo de barata, eu sou bem assim HAHA
    Um beijão,
    Gabi do likegabs.blogspot.com ♡

    ResponderExcluir
  15. Eu amo muito livros descontraídos, adoro ler e me diverti com a leitura! Achei a situação bem engraçada, imaginar passar a noite tendo um dialogo com uma barata hahaha! Fiquei desejando ler o livro, e a sua resenha ficou ótima.
    Beijos,
    www.dosedeilusao.com

    ResponderExcluir
  16. Oi Tati, tudo bem contigo ???
    Eu posso estar bem enganada, pois as vezes minha mente prega peças em mim, mas acho que nunca tinha ouvido falar dessa autora, se ouvi, provavelmente ela se escondeu na minha mente, são tantos autores que as vezes a gente se atrapalha né ?!
    Achei bem interessante a premissa desse livro, a história deve ser engraçada mesmo, eu já fiquei aqui imaginando como reagiria se isso acontecesse comigo, rsrsrs, não sei o que faria. As baratas me dão uma sensação estranha, sei que é irracional, mas poxa, elas são baratas, rsrsrs.
    Não sei se lerei esse livro, mas se tiver a oportunidade não irei descartá-lo !!!

    Beijinhos
    Hear the Bells

    ResponderExcluir
  17. Já leu A paixão segundo G.H! É sobre uma mulher que entra em profunda cris existencial após se defrontar com seu maior medo: uma barata! Leia, leia leia =)!

    Que parte usou do texto no face?Queria saber =D!

    ResponderExcluir
  18. Já leu A paixão segundo G.H! É sobre uma mulher que entra em profunda cris existencial após se defrontar com seu maior medo: uma barata! Leia, leia leia =)!

    Que parte usou do texto no face?Queria saber =D!

    ResponderExcluir
  19. Já leu A paixão segundo G.H! É sobre uma mulher que entra em profunda cris existencial após se defrontar com seu maior medo: uma barata! Leia, leia leia =)!

    Que parte usou do texto no face?Queria saber =D!

    ResponderExcluir
  20. Já leu A paixão segundo G.H! É sobre uma mulher que entra em profunda cris existencial após se defrontar com seu maior medo: uma barata! Leia, leia leia =)!

    Que parte usou do texto no face?Queria saber =D!

    ResponderExcluir
  21. Já leu A paixão segundo G.H! É sobre uma mulher que entra em profunda cris existencial após se defrontar com seu maior medo: uma barata! Leia, leia leia =)!

    Que parte usou do texto no face?Queria saber =D!

    ResponderExcluir
  22. Puxa! Fiquei com vontade de ler este livro. Parabéns!

    ResponderExcluir
  23. Oi!

    Nossa, imagina se só sobrevivessem nós e as baratas? Acho que eu entraria em desespero, tenho um horror a esse bichinho que olha... Nem matar eu consigo, hahahaha.
    O livro parece ser bem interessante. Eu gosto de livros mais grossos, mas também gosto dos livros curtinhos que te prendem na leitura.

    Até mais, viu?
    www.janeladesorrisos.com

    ResponderExcluir
  24. Parece ser um livro leve, fácil de ser lido. Fiquei pensando qual seria a minha maior fobia, mas ainda não cheguei a uma conclusão hahaha
    Beijinhos

    ResponderExcluir

22, leonina, estudante de Recursos Humanos, feminista, louca, exagerada, dramática, maníaca, fantasiosa, apaixonada, delirante, cinéfila, MPB, paz e amor e viciada em café.

 
Por ti, pra ti © todos os direitos reservados :: voltar para o topo